Instituição > Fundação

A Fundação Educacional de Penápolis, entidade mantenedora da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Penápolis e do Centro de Estudos Profissionalizantes, foi criada no dia 28 de maio de 1966 na cidade de Penápolis/SP, em reunião memorável no Salão Nobre do Instituto Estadual de Educação "Dr. Carlos Sampaio Filho". É uma instituição jurídica de direito privado, registrada no Cartório do Registro de Imóveis e Anexos da Comarca de Penápolis, no livro A2, folha 22, sob o número 118, em 14 de julho de 1966, com sede e foro na cidade de Penápolis, estado de São Paulo. A reunião foi convocada e presidida pelo então Prefeito Municipal de Penápolis, Excelentíssimo Senhor Engenheiro EDISON JOÃO GERAISSATE.

A primeira Diretoria da Funepe, ficou assim constituída:

Presidente: SR. EDISON JOÃO GERAISSATE Vice-Presidente: SR. ARMANDO WALDEMARIN WANDERLEY Conselho Curador: SR. ALBERTO DE SOUZA NOBRE, SR. JOSÉ DE CASTILHO LIMA, SR. FAYZ RAHAL e SR. JOÃO GOMES MARTINS Conselho Diretor: SR. EDISON JOÃO GERAISSATE, SR. ARMANDO WALDEMARIN WANDERLEI, SR. REYNALDO DE BARROS WANDERLEY e SR. MASSAMITSU IDEMORI

São objetivos da Fundação Educacional de Penápolis:

  • Promover através do ensino, pesquisa e extensão, respectivamente, a transmissão do conhecimento, o desenvolvimento de pesquisa básica e aplicada, a prestação de serviço ao setor produtivo e à comunidade em geral. Para o que criará, instalará e manterá estabelecimentos sem finalidade lucrativa, que visem à elevação do nível cultural e educacional da região e do país;
  • Participar no processo de desenvolvimento local, regional e do país, com base em serviços educativos e assistenciais dirigidos à comunidade;
  • Incumbir-se do planejamento e da organização de serviços ou empreendimentos dirigidos à comunidade, tomando o encargo de executá-los, ou prestar-lhes assistência técnica necessária;
  • Concorrer para tornar o ensino mais ajustado aos interesses e possibilidades da coletividade estudantil, adequando ensino de qualidade à expectativa de elevação cultural da comunidade;
  • Desenvolver programas de esclarecimento da opinião pública quanto à necessidade da educação e da cultura.

Para realizar esses objetivos, a FUNEPE manterá, onde convier e de acordo com seus planos de atividades, centros de estudos e pesquisas, de seleção, orientação e ensino, de documentação, de organização e outros próprios ou em regime de cooperação com entidades nacionais ou estrangeiras.

A atual Diretoria da Funepe, está assim constituída:

Presidente: PROF. CLEDIVALDO APARECIDO DONZELLI
Gerente Administrativo Financeiro: SR. MÁRCIO VIEIRA BORGES

A FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE PENÁPOLIS - FUNEPE está sendo regida pelo seu Estatuto, aprovado pela Assembléia Geral de 28 de Fevereiro de 2008 e homologado pela Promotoria de Justiça e Curadoria de Fundações da Comarca de Penápolis, em 22 de dezembro de 2008.

Missão

Participar ativamente na sociedade, como agente catalisador de ações em prol da melhoria da qualidade de vida, atendendo a demanda por um ensino de qualidade com livre acesso da população, contribuindo na formação de pessoas capazes de viver plenamente com consciência crítica e capacidade criativa, postura ética, participação ativa no mundo, busca incessante pelo crescimento e valorização da vida.

Visão

Ser líder como Instituição de Ensino e demais ações, tanto na preparação acadêmica, participação no bojo da sociedade, como pela preparação humanística de alunos e todos agentes participantes deste processo evolutivo.

Valores

Educação como fator preponderante e básico para o progresso e pleno desenvolvimento do cidadão, e consequentemente do país.

Pessoas como potenciais fontes criadoras e geradoras de alternativas, tendo este como o bem mais precioso, apoiando sempre a participação coletiva e à interação de seus diversos quadros na construção de um processo dinâmico e eficiente.

Relações interpessoais como um espaço de valorização dos conceitos básicos e permanentes de ética e justiça, respeito inclusivo amplo e reflexão.

Relações Institucionais como ferramenta de ação básica da instituição, cumprindo assim o papel básico pelo qual foi criada, buscando o bem coletivo e a melhoria constante da qualidade de vida, interagindo de forma positiva a sociedade e natureza.

Ciência e tecnologia como instrumentos do bem comum, no aprimoramento e desenvolvimento de dinâmicas administrativas e pedagógicas.

Fundação